Histórico Medalha Caetano Silveira de Mattos

Adriano da Silva Mattos, 32 anos, nascido em 21 de Agosto de 1978. Filho de Josué da Silva Mattos e Guilma Boeng tem como irmãos Fernando da Silva Mattos e Maria Luiza da Silva Mattos. É casado com Vanessa Correa, união da qual possui um filho: Miguel Correa Mattos.

É contador formado pela Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul, com pós-graduação em gestão empresarial. Sócio-proprietário da LJ Contabilidade & Assessoria, Sócio-proprietário da IDEA Consult – Contabilidade e Consultoria e Sócio-proprietário da SOMEDAY.

Inspirado na vocação da família pelos trabalhos voluntários, principalmente por seu pai, iniciou desde cedo colaborando com entidades de sua comunidade.

Foi sócio-fundador da Associação do Movimento Cultural Palhocense- AMCP, entidade criada no intuíto de defender, difundir e valorizar a nossa cultura. Foi membro do corpo de baile da academia MCC, realizando diversas apresentações culturais pela grande Florianópolis. Participou como voluntário por três edições da Noite do Sul, evento cultural tradicional em nosso município.

Foi tesoureiro e atualmente é conselheiro da Associação Ambientalista Viva o Verde, entidade que visa valorizar os recursos naturais existentes, bem como campanhas de defesa, preservação e conservação do meio-ambiente.

Desde 2006 é delegado do Conselho Regional de Contabilidade em Palhoça, representando a classe contábil junto aos municípios da região. Foi sócio-fundador do Núcleo de Contabilistas de Palhoça, onde foram realizadas diversas campanhas e reivindicações, resultando em conquistas para os contadores e empresas de Palhoça. Em 2008, em Cuba, representou o Conselho Regional de Contabilidade, realizando um intercâmbio entre a Associação Nacional dos Contadores e Economistas de Cuba – ANEC, onde estreitou o relacionamento com a classe contábil daquele país, resultando em um convite para o presidente do CRC/SC, a fazer uma palestra no Encontro Internacional de Contabilidade em Havana em 2009. Faz parte do programa de voluntariado da classe contábil, que consiste em estimular a prática cidadã e o espírito de responsabilidade social entre os profissionais da contabilidade, comprometendo-se com questões sociais relevantes para o País.

É sócio-fundador e membro do Lions Clube de Palhoça, entidade que busca atender ao próximo desinteressadamente. Uma das maiores campanhas realizadas, foi a de doação de óculos, das quais 137 pessoas necessitadas receberam par de óculos. Em 2009, foi eleito pelos membros do clube com o título de melhor companheiro do ano.

Foi vice-diretor financeiro do Instituto Lions, entidade responsável pela construção do Hospital de Olhos em Palhoça, que irá atender as pessoas com diversos problemas da visão.

Foi vice-diretor financeiro e atualmente é vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Palhoça – ACIP. Em 2008, recebeu a representante do Ministério de Comércio Exterior e da Câmara de Comércio de Cuba em Palhoça.  No mesmo ano, participou de missão empresarial a Cuba, levando empresários palhocenses a participar da Feira Internacional de Havana, com um stand próprio da ACIP no pavilhão do Brasil. Em 2009, participou de reuniões com empresários do Grande Aririú, colaborando para a formação do Núcleo Empresarial do Grande Aririú.

Participa da diretoria do Conselho Comunitário Ponte do Imaruim desde 2006. Em 2009, foi eleito presidente da entidade com 96% de aprovação dos votos. Desde que assumiu, juntamente com sua diretoria e equipe, realizou importantes projetos, campanhas e eventos junto à comunidade. Criação de cinco novas diretorias, publicação do balanço social, procurando divulgar de forma transparente as informações da instituição, ampliação e fortalecimento dos cursos de idiomas para espanhol, inglês e italiano, ampliação e reforma do salão, criação de uma rádio web, Natal para mais de 200 crianças, foram algumas das mais de 40 ações realizadas, procurando sempre levar oportunidade para a comunidade.

Em 2010 recebeu homenagem do CONSEG 259, como colaborador para a segurança do bairro.

Como uma andorinha apenas não faz verão, dedica esta homenagem a todas as pessoas que colaboraram durante esta caminhada, e que esta medalha sirva como motivação para colaborar ainda mais com o nosso querido município, e que possa servir de exemplo para os nossos jovens contribuírem de alguma forma para o benefício de nossa sociedade.

Tem com pensamento, a frase de Cora Coralina “O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s