Plano Municipal de Habitação de Interesse Social – PMHIS

Participei a pouco da reunião do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social – PMHIS.

Muito interessante e informações muito importantes para o nosso município que cresce em nível acelerado, crescente e desordenado.

O mais interessante foi a pouca participação. Haviam no máximo 15 pessoas.

Um assunto de extrema importância e interesse, deveria maior participação e debate.

Nesta última reunião, foram apresentadas propostas finais do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social.

—————–

O quê:

» Plano Municipal de Habitação de Interesse Social – PMHIS «
O que é o Plano:
O Plano Municipal de Habitação de Interesse Social consolida o planejamento ações municipal referente à questão habitacional num determinado espaço de tempo, considerando os instrumentos locais do ciclo de gestão orçamentário-financeiro. É composto basicamente por duas etapas: Diagnóstico Habitacional e Estratégias de Ação.

Como Participar:
A população pode e deve participar da construção do Plano para garantir a moradia digna aos cidadãos palhocenses.

  1. Primeiro com as reuniões comunitárias,
  2. Segundo, em audiência pública,
  3. Terceiro, com os delegados eleitos nas reuniões comunitárias e oficinas, que representarão as comunidades locais, na discussão das propostas.
  4. Quarto, na última audiência pública, onde serão apresentadas as Propostas Finais do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social.

ATENÇÃO

Em virtude a Audiência Pública que deverá ser realizada dia 20 de junho de 2012  no Clube 7 setembro, sito a Rua Coronel Bernardino Machado, 94 os QUESTIONARIOS estão finalizados e serão incorporados ao tema da audiência para uma maior discussão.

Plano Municipal em agradecimento a sua participação no preenchimento dos questionários, sendo de grande contribuição de todos os palhocenses para a elaboração de Estratégias de Ações do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social do município de Palhoça.

Para subirmos os degraus de nossa vida

Muitos “homens” para alcançar seus objetivos, recorrem aos mais diversos vicios tais como: mentiras, deturpar a integridade física ou mental, usam tantos quantos artificios forem nescessários para se beneficiar e subir degraus que a esses “homens” interessa, dessa forma seguem devastando tudo e a todos como se fosse um tussinami deixando rastros de destruição e maldade.

Mal sabem eles que estão semeando sua própria colheita, física, psíquica e espiritual, e a que com maior rigor será cobrada será a espiritual, pois sendo conhecedores da espiritualidade “Lei do Carma e Efeito”, e se tendo sido apresentado o conhecimento inclusive de vidas anteriores qualquer desvio quando os vicios falam mais alto o ator assume o ato e as consequencias, mesmo sabendo que não mais poderá fazer o resgate nem nessa nem em outra vida, mas nascerá sim para a colheita de sua própria semeadura.

Para subirmos os degraus de nossa vida devemos ter uma conduta correta de caráter J.`. e P.`., usar nossas Jóias na mais sublime verdade e pureza, SABEDORIA, FORÇA , BELEZA.

De nada adianta estar no mais alto degrau se as atitudes e o espírito estão no mais baixo.

T.`.F.`.A.`.

Diagnóstico da Situação da Criança e do Adolescente de Palhoça 2012

Diagnóstico da Situação da Criança e do Adolescente de Palhoça 2012

ACESSE E CONHEÇA UM POUCO MAIS DESTE IMPORTANTE DOCUMENTO.

Sinais Vitais: Criança e Adolescente – Palhoça, 2011

Versão Completa

 Versão Resumida

Lendo a arte da guerra

Sun Tzu disse:

Aquele que ocupa o campo de batalha por primeiro, e espera o inimigo, estará descansado; aquele que chega depois e se lança na batalha precipitadamente estará cansado.

Origem do dia dos namorados

Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados ou Dia de São Valentim é uma data especial e comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais sendo comum a troca de cartões e presentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como as tradicionais caixas de bombons. No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho. Em Portugal também acontecia o mesmo até há poucos anos, mas atualmente é mais comum a data ser celebrada em 14 de Fevereiro.

História

A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.
O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.
Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte – 14 de fevereiro – também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza). Um dos rituais desse festival era a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine’s Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a).
Atualmente, o dia é principalmente associado à troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um Cupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que, mundo fora, aproximadamente mil milhões (Portugal) (um bilhão no Brasil) de cartões com mensagens românticas são enviados a cada ano, tornando esse dia um dos mais lucrativos do ano. Também se estima que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes no Brasil.
O dia de São Valentim era até há algumas décadas uma festa comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas ao longo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países.

Data no Brasil

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, Dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro. A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória[5] trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes. A ideia se expandiu pelo Brasil, amparada pela correlação com o Dia de São Valentim – que nos países do hemisfério norte ocorre em 14 de fevereiro e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Obras na Rua José Frederico Guedert

A Ponte do Imaruim cresceu muito nos últimos anos, e consequentemente, muitos problemas vieram junto com este crescimento.

Um dos problemas enfrentados pelo bairro é o das cheias. Como estamos no mesmo nível do mar, frequentemente ruas ficam alagadas, impossibilitando o trânsito e até mesmo tendo casas infestadas pela água.

Esta semana foi iniciado na Rua José Frederico Guedert a obra de resolução deste problema.

Esta já é uma reivindicação antiga dos moradores e empresários e esperamos que o problema seja solucionado.

Imagem

 

Imagem

Festa do Divino em Palhoça – Junho/2012

Festa do Divino Espírito Santo na cidade de Palhoça, SC., com a apresentação da Banda de Música da Sociedade Musical e Cultural Santo Amaro, de Santo Amaro da Imperatriz.

Filmagem de Sebastião da Cruz e Hélio João Machado.

Video de imagem pública.

Imprensa Voluntária Oficial.

Filmagem realizada no dia 3 de junho de 2012.

Jovens empreendedores de Palhoça promovem encontro de ideias

Evento abriu espaço para campanha de segurança “Agora Chega” do Jornal Palhocense

$alttext
O Núcleo de Jovens Empreendedores de Palhoça organizou na última terça-feira, 29, um encontro diferente. A proposta era integrar o grupo, gerar negócios e intercâmbio de ideias em um local descontraído. A ideia animou os participantes que se encontraram na Mansão Luchi, onde saborearam um delicioso rodízio de pizzas, montado no local especialmente para o 1º Jantar de Integração.
Os participantes puderam se apresentar, trocar experiências e até fechar negócios. “Isso tudo acontece de uma forma muito natural. É incrível testemunhar o crescimento desse grupo e perceber como esse intercâmbio é positivo na vida das empresas”, avalia o Coordenador do grupo, Leandro Rosa. O Núcleo é ligado à Associação Comercial e Industrial de Palhoça (ACIP) e reúne-se duas vezes por mês na sede da instituição, na Praça de Palhoça. “O encontro de hoje foi uma proposta diferente para gerar ainda mais integração. Foi um sucesso e devemos repetir mais vezes”, comentou Leandro. O Presidente da ACIP, Cláudio Hoeller de Souza, destacou a garra e o empreendedorismo do Núcleo palhocense. “Esse grupo nos enche de orgulho. Essa vontade de buscar a excelência e a integração serve de inspiração para todos nós”, elogiou.

Engajamento:
O editor-chefe do jornal Palhocense, Alexandre João Bonfim da Silva, foi convidado a fazer uma explanação sobre a campanha “Agora Chega – sou Palhocense e quero uma segurança efetiva!”, que circula desde o mês passado na Cidade.
Silva agradeceu o engajamento da ACIP e do Núcleo Jovem na campanha que tem lutado por um incremento no efetivo policial em Palhoça. “Temos total consciência que a questão da segurança vai muito além de número de policiais. Porém, nesse primeiro semestre, nosso Município ganhou destaque estadual como a cidade com maior índice de homicídios. Isso nos envergonha e acreditamos que nesse momento é importante pressionarmos a classe política por mais efetivo”, enfatizou.

A importância real de lapidar nossa P.`.B.`.

O homem pode escolher qual caminho trilhar, criar sua jornada evolutiva no universo, evoluir como espírito, transcender física e espiritualmente como ser humano, e alcançar o entendimento dos elementos universais concedidos pelas leis supremas, entender que tudo é possível dentro das forças do magnetismo energético do bem, onde temos a regência tambem da lei da causa e efeito.
Por outro lado se a escolha for trilhar um caminho onde não existe a verdade, onde predomina o orgulho… a evolução espiritual do homem entra em declino, seria o fim sem um começo.

( A importância real de lapidar nossa P.`.B.`.)

Desconheço o autor