Reunião debateu importância da Guarda do Embaú como Reserva Mundial de Surf

Reunião debateu importância da Guarda do Embaú como Reserva Mundial de Surf

O diretor dos programas das reservas mundiais de surf participou do encontra e ressaltou a importância do ecossistema do balneário de Palhoça

O município de Palhoça deu mais um importante passo para receber a placa de certificação, ou consagração oficial, do balneário Guarda do Embaú como Reserva Mundial de Surf. Uma reunião, realizada na tarde desta segunda-feira (10), na Prefeitura, contou com a participação de representantes de órgãos públicos, da Secretaria Municipal de Turismo, Faculdade Municipal de Palhoça (curso de Turismo), Universidade Federal de Santa Catarina, do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), organizações não governamentais, representantes de associações de moradores, de pescadores e de empresários e comerciantes.

O convidado especial, Nick Mucha, diretor dos programas das reservas mundiais de surf, ressaltou a importância do ecossistema da Guarda do Embaú, indicada como Nona Reserva Mundial de Surf, a primeira no Brasil e na América Latina. O presidente da ong “Save The Waves Coalition” (coalizão para salvar as ondas do planeta, na versão em português), veio da Califórnia, Estados Unidos, especialmente para conhecer a Guarda do Embaú, cuja importância ele reconhece não só pela qualidade das ondas, mas também pela “beleza do cenário exuberante, o carinho do povo nativo e a gastronomia”.

A visita de Nick Mucha significou o cumprimento da terceira etapa, de um total de cinco, para consolidar em definitivo o título de Reserva Mundial de Surf à Guarda do Embaú. Não se trata de um título consagrado em lei. É um selo com alto significado para o projeto de desenvolvimento sustentável da região.

Vale lembrar que, no dia 27 de outubro de 2016, a Save the Waves Coalition, com sede na Califórnia (EUA), aprovou a inclusão da Guarda do Embaú no restrito clube, após trabalho realizado pela Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú (ASPG). A solicitação foi feita em 2012.

O prefeito Camilo Martins ressaltou a importância da visita do diretor dos programas das reservas mundiais de surf, em cumprimento a mais uma etapa rumo à consolidação do título pleiteado pelo balneário de Palhoça. “Esse título é extremamente importante para a Guarda do Embaú, por seu significado, pelo reconhecimento mundial de um balneário, que já é aprovado internacionalmente”. Para o secretário municipal de Turismo, Adriano Mattos, o título e tudo que ele envolve vai facilitar o “desenvolvimento sustentável da região.

A indicação da Guarda do Embaú, como Reserva Mundial de Surf, “é um título aparentemente abstrato, mas tem muita importância, muito além do que se pode imaginar”, afirmou Marcos Aurélio Gungel, o “Kito”. Na condição de coordenador do Comitê Local da Reserva Mundial de Surf da Guarda do Embaú, ele defende a união de esforços no desenvolvimento das outras etapas, como a indicação de um “embaixador da reserva”, além da criação do “Plano de Gestão”, tudo visando o desenvolvimento sustentável através do surf”.

Baby Espíndola

Comunicação / PMP

3279.1775

Prefeitura de PalhoçaAssessoria de Comunicação
(48) 3279-1775

PMP – TURISMO – GUARDA, RESERVA DE SURF.doc

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s